Vida intra-útero da concepção aos 9 meses – o milagre da vida

Como não se emocionar ao pensar no maior milagre que Deus proporcionou a uma mulher: gerar uma vida!
Quando eu fiquei grávida, assisti e li muitas coisas sobre todo o desenvolvimento do bebê dentro do útero, e não tinha como não me comover!!!
É demais parar para pensar em como podemos fazer um bebê dentro da gente… Ele depende de nós para crescer, se desenvolver bem e nascer!
Desde que fui mãe me sinto muito mais mulher, digo até mais PODEROSA!!! kkkkkkk.  Com todo respeito e humildade do mundo, mas essa sensação, esse sentimento e preenchimento interior (em todos os sentidos) coube a nós o status. Que privilégio!!! Me sinto a pessoa mais sortuda e feliz deste mundo.
E é uma loucura esse sentimento: ser mãe!!!
Ser mãe eu diria sim que é um sentimento… Um turbilhão deles: alegria, cansaço, raiva, culpa, doação, renúncia e o maior de todos eles que é o AMOR. O amor vence todas as dificuldades da maternidade. Quantas vezes nos pegamos enlouquecidas com nossos filhos, que nos deixam de cabelo em pé, fazem travessuras, quebram coisas, derrubam o suco no sofá, mas que olham bem fundo dos nossos olhos e falam: “Mamãe, obrigado. Me desculpa. Eu te amo. Boa noite”. Ploft!!!! Nosso mundo desaba como se fossemos menores que eles, e eles dormem e nós desejamos que eles acordem e brinquem com a gente… Que loucura!!!
A maternidade é o maior desafio da minha vida, e o melhor. Devo demais a eles… São a maior motivação da minha vida, do meu ser, e querer ser uma pessoa sempre melhor para eles e para o mundo.
Convido vocês que já são mães, ou desejam um dia ser, à assistir ao filme abaixo.
Um grande beijo
Comentários

About Author