Viagem sem filhos (mais um ponto de vista)

Oieee!

Quem nos acompanha sabe que amamos viajar. Quem não gosta, não é mesmo?

Quando os meninos eram menores, até mais ou menos um ano do caçula, eu viajava com o marido uma vez por ano pelo menos. Na verdade, nunca conseguimos ficar mais de oito dias longe das crianças, então sempre foram viagens mais curtas a dois.

Eles sempre ficaram com meus pais numa boa e como eram menores o Rafa podia faltar escola (só Rafinha ia nesta época). Eles iam de mala e cuia pra casa da minha mãe até nosso retorno.

Depois que foram crescendo, eu e meu marido optamos, para as férias dele, viajar com os filhos. Não conseguimos abrir mão deste momento em família e também sempre optamos em viajar durante as férias escolares, para ninguém perder aula, projeto escolar, etc. (Sim! Mesmo sendo pequenos acho importante não faltarem)

Penso que lá na frente, durante as nossas férias de casal, com os meninos maiores, eles vão querer viajar com amigos e namoradas, assim como foi comigo. Então acho importante viajar com eles, apresentar novos lugares, oportunidades, cultura e tudo que uma viagem proporciona de maravilhoso.

Mas como eu curto o marido? Eu e ele aproveitamos para jantar fora sempre que dá, irmos em shows e viajar fim de semana (uma ou duas noites fora apenas).

Nisso se passaram três anos que eu não fazia uma viagem a dois por mais tempo e achei que estava sim precisando dar uma escapada, já que surgiu a oportunidade sem usarmos férias do maridon. Estava me achando uma mãe chata, que só dá bronca, exausta. Me dedicando muito claro! Mas cansada e precisando sair um pouquinho para respirar e voltar renovada para os braços dos filhotes. Além disso, curtir a vida com o marido, ter nossos momentos, conhecer lugares, como antes das crianças… Para renovar o amor. Isso é bom sempre! Viajando ou não!

Depois de todo meu sofrimento, que vocês puderam acompanhar pelas redes sociais, uma semana longe me renovou. Voltei zero bala, morrendo de saudade deles e eles de mim. O reencontro foi uma delícia! Muitos beijos, abraços e histórias pra contar… unnamed-3

E por aí?

Vocês viajam sem filhos sempre?

É fácil? Difícil?

Mandem suas experiências!

Beijocas

unnamed-1
unnamed

Comentários

About Author