Temos o maior emprego de nossas vidas: somos mães!

18/01/2016

comente

Tratamento para Infertilidade – Inseminação Intrauterina

Colaboradores

Dando continuidade aos posts sobre tratamento para infertilidade, hoje a Dra. Carla Iaconelli vai falar tudo sobre inseminação intrauterina.

Confiram!

Beijos!

inseminação intrauterina

Inseminação Intrauterina

A Inseminação Intrauterina é um tratamento para infertilidade de baixa complexidade, mas que necessita de um laboratório para processamento seminal.

O acompanhamento inicial é igual ao do coito programado, com ultrassonografias seriadas para avaliação dos folículos em crescimento e desencadeamento da ovulação em momento oportuno. A diferença é que ao invés do casal ter relação nos dias indicados pelo médico o casal vai à clinica e o sêmen é depositado no interior do útero.

Para isso o marido deve chegar aproximadamente 3 horas antes do procedimento e colher uma amostra de sêmen que será processada para aumento da concentração de espermatozoides móveis em um pequeno volume de 0,3 a 0,5 ml.

Como no coito programado, a inseminação para ser indicada precisa ter critérios mínimos, como espermograma com alterações leves e corrigidas pelo processamento seminal, a ovulação deve ser constatada por ultrassonografia (em ciclo natural ou estimulado por medicamentos), controle ultrassonográficos devem demonstrar 3 folículos maiores ou menos, ausência de alterações na cavidade uterina, trompas comprovadamente prévias e saudáveis (ao menos 1 delas).

Assim como no coito programado não há como controlar o número de embriões se houver mais de 1 folículo maior, sendo aumentada a chance de gêmeos e até de trigêmeos. Nos casos em que houver mais que 3 folículos maiores o ciclo deve ser cancelado ou convertido para fertilização in vitro.

A inseminação pode ser feita com sêmen do marido ou em casos especiais, com sêmen de doador anônimo com consentimento do casal.

Se o casal não obtiver gestação após 3 ou 4 tentativas com inseminação, está indicada a fertilização in vitro (FIV).

Em mulheres com mais de 37 anos não se deve fazer muitas tentativas de inseminação, pois sabemos que os resultados serão piores.

A chance de gravidez por tentativa é ao redor de 16%, sendo que 92% das gestações são obtidas nos 4 primeiros ciclos de inseminação artificial.

No próximo post conheceremos os tratamentos de alta complexidade, os famosos “bebês de proveta”, técnicas que já ajudaram a realizar milhares de sonhos e a completar muitas famílias que antes do seu advento não poderiam existir, acompanhem.

carla-300x300

Dra. Carla Iaconelli – Ginecologista e Obstetra pela FEBRASGO, especialista em Reprodução Humana Assistida pela SBRA, mestra em Medicina na Faculdade de Ciencias Médicas da Santa Casa de São Paulo.

Consultório Jardim Paulista 30513121

contato@carlaiaconelli.com.br

facebook.com/Dra.Carla.Iaconelli

Instagram @dra.carlaiaconelli

 

 

 

Promovida @ Mãe

0    comentários
2  AMEI!

Deixe uma resposta

clique aqui para carregar a versão desktop

© promovida @mãe - Todos os direitos reservados | DESIGN: my wishes gallery | programação: webonfocus

Muitas das imagens aqui divulgadas não são de nossa autoria. Se alguma foto for sua e você desejar que
ela seja creditada ou removida, por favor entre em contato. Obrigada. contato@promovidaamae.com.br

já curtiu a nossa fanpage?
siga o nosso instagram:
@promovidaamae

© promovida @mãe - Todos os direitos reservados | DESIGN: my wishes gallery | programação: webonfocus

Muitas das imagens aqui divulgadas não são de nossa autoria. Se alguma foto for sua e você desejar que
ela seja creditada ou removida, por favor entre em contato. Obrigada. contato@promovidaamae.com.br