Repensando o tempo dos filhos

Seu filho tem tempo ocioso?

 

Um tempo atrás repensei o tempo do meu filho mais velho.

Quanto tempo ele tinha pra brincar? Ficar à toa? Fazer o que quisesse?

Hoje em dia, as crianças têm um milhão de oportunidades e atividades pra fazer, mas muitas vezes o excesso delas pode prejudicar em vez de ajudar.

Percebi que o Rafael estava cansado… Ele nunca me disse nada, mas o corpo dele foi me mostrando que estava demais. Ele ficou mais nervoso e inquieto. Quinta-feira era um dia que ele saia de casa oito horas da manhã e chagava oito horas da noite! Socorro… Ele tem apenas seis anos!

A primeira atividade do dia era fono para a rouquidão dele. (já falei aqui)

Ele precisa criar uma consciência vocal, mas sei também que ele mais nervoso e irritado grita mais, fala mais e isso também o deixava mais rouco. Resolvi tirá-lo principalmente pelo horário e distância e ver no que dava… No começo ele parecia mais rouco ainda. Me questionei se tinha feito o certo, me culpei…. Mas ele foi melhorando.

Ficou mais calmo, anda fazendo as coisas com mais capricho e a voz dele progrediu! Claro que ainda está rouco, pois ele sempre foi e tem nódulos nas cordas vocais, mas o feeling de mãe não falha. Vai por mim!

E por aí? Tem criança fazendo coisa demais? Cansada demais?

Beijocas

 

Comentários

About Author