Principais nutrientes para cada fase da gestação – Por Dra. Andrezza Botelho

Você sabe quais são os principais nutrientes que devem ser consumidos em cada trimestre da gestação? E o que cada um deles podem trazer de benefícios para a mamãe e o bebê?

 

A nossa super nutri, Dra. Andrezza Botelho fez um esquema bem simples de todos os nutrientes que a grávida devem consumir de acordo com cada período da gravidez. Vale a pena conferir!

gravidez e alimentação balanceada

A dieta da gestante, apesar de seguir uma tendência muito parecida ao longo dos nove meses de desenvolvimento do bebê, apresenta algumas peculiaridades que devem ser respeitadas em cada trimestre que mãe e filho compartilham.

Os primeiros três meses da gestação (primeiras 12 semanas), período em que todas as estruturas, órgãos e cérebro do bebê estão em formação, são de extrema importância.

Os nove meses de gestação exigem uma alimentação equilibrada, com todos os grupos alimentares, o que não significa se empanturrar de comida. Mas, em determinados períodos, o consumo de certos nutrientes deve ser reforçado. O segredo está na escolha dos nutrientes, que precisam ser consumidos adequadamente em cada fase da gravidez, para garantir a saúde do bebê e da futura mãe.

É nesse período, portanto, que a alimentação precisa ser selecionada e muito mais balanceada.  Confira os principais nutrientes aconselhados a serem consumidos em cada fase da gestação:

PRIMEIRO TRIMESTRE:

  • ÁCIDO FÓLICO (ou vitamina B9): é o nutriente mais utilizado pelas grávidas e indicado pelos médicos. E não é à toa. Sua ingestão previne defeitos na formação do tubo neural do feto (estrutura que dará origem ao cérebro e à medula espinhal). Normalmente se faz o COMPLEMENTO porque nem sempre com a alimentação se consegue suprir a dose diária necessária. Hoje se preconiza no máximo 1 mg/dia.

Alimentos com fonte de ácido fólico: fígado de galinha cozido, fígado de boi cozido, folhas verdes escuras (espinafre, rúcula, couve etc), feijão, lentilhas, quiabo cozido.

  • FERRO: pois no primeiro trimestre de gestação previne o cretinismo, que causa retardo mental no bebê e evitam a anemia na mãe.

Alimentos ricos em ferro: carnes vermelhas, frango, peixes, feijão, folhas verdes escuras.

DICA: para absorver melhor o ferro, sempre o alie com vitamina C, natural, como um suco de laranja concentrado com 1 laranja, consumido após a refeição.

  • VITAMINA B6: ajuda a prevenir contra náuseas e enjôos, muito comuns nesta fase gestacional.

Alimentos que contém vitamina B6:  fígado e carne bovina, cereais integrais e banana. Leite e derivados.

  • FIBRAS: Ativam o funcionamento intestinal da mãe, que estará prejudicado por causa dos hormônios da gravidez, pode e deve ser consumido DURANTE TODA A GESTAÇÃO.

Alimentos que contém mais fibras: verduras, legumes, frutas e cereais integrais, como aveia, trigo, milho e arroz integral.

SEGUNDO TRIMESTRE:

  • VITAMINA C: ela age na formação do colágeno, que compõe pele, vasos sanguíneos, ossos e cartilagem, aumenta a absorção do ferro e fortalece o sistema imunológico.

Alimentos que contém vitamina C: laranja, acerola, morango, kiwi, brócolis,tomate, pimentão amarelo.

  • ÔMEGA 3: ele é importante porque melhora o desenvolvimento da criança, tanto cognitivo quanto sensorial, melhora a sensibilidade aos estímulos durante o desenvolvimento e é benéfico para o sistema cardiovascular da mãe. PODE E DEVE SER CONSUMIDA ATÉ A 34 SEMANA DA GESTAÇÃO.

Alimentos que contém ômega 3: sardinha, atum, salmão, castanha do pará, nozes, sementes de chia, linhaça.

  • MAGNÉSIO: pois o mineral favorece a formação e o crescimento dos tecidos do corpo do bebê.

Alimentos que contém Magnésio: amêndoas, amendoim, castanha do Brasil, arroz integral, aveia.

  • FERRO: no segundo trimestre o ferro atuará na produção de hemoglobina, proteína responsável pelo transporte de oxigênio pelo sangue.

Alimentos que contém Ferro: carnes vermelhas, frango, peixes, feijão, folhas verdes escuras.

TERCEIRO TRIMESTRE:

  • OVO: Pode ser consumido, com moderação durante toda a gestação, mas no terceiro trimestre atua ainda mais, pois contêm mais de 12 vitaminas e minerais e ainda uma quantidade nada desprezível de proteínas, substância essencial para a intensa produção de células que acontece no corpo do bebê. São também ricos em colina, um nutriente que promove o crescimento do bebê e sua saúde cerebral, ao mesmo tempo que ajuda a prevenir defeitos do tubo neural.

EVITE: ovos mal cozidos, para evitar a transmissão de salmonela.

  • CÁLCIO: Devido ao seu papel na formação óssea do bebê, o mineral é nutriente obrigatório na dieta da futura mãe. Sua deficiência pode provocar cáries, cãibras e unhas quebradiças. O cálcio tem outra nobre função: a de auxiliar a produção de leite após o parto. Ele ajuda ainda no processo de coagulação do sangue e na boa manutenção da pressão sanguínea, dos batimentos cardíacos e das contrações musculares. 

Alimentos ricos em cálcio: leite, iogurte, queijo, tofu, espinafre, brócolis, castanha do pará.

Dica: evite consumir fontes de ferro e cálcio juntas, como carne e leite, pois um nutriente atrapalha a absorção do outro.

  • NIACINA (Vitamina B3): Estimula o desenvolvimento cerebral do feto e transforma glicose em energia.

Alimentos que contém Niacina: verduras escuras, legumes cozidos, gema de ovo, carne magra, leite e derivados.

  • VITAMINA A: Auxilia o desenvolvimento celular e ósseo e a formação do broto dentário do feto.

Alimentos que contém Vitamina A:  leite e derivados, gema de ovo, fígado, laranja, mamão, couve e vegetais amarelos.

  • VITAMINA K: de grande importância para a gestante na hora do parto, e também auxilio de energia para mãe e bebê nesta fase.

Alimentos que contém Vitamina K: mamão, repolho, pão integral, brócolis, couve, alface, maçã.

Andrezza Botelho – Nutricionista funcional Pós graduada em estética e cosmetologia.

Proprietária e diretora científica da Clínica Andrezza Botelho Nutrição e Bem Estar.

Tel: (011) 50821598

Instagram: @drandrezzabotelho

 

 

 

 

 

 

 

 

Comentários

About Author