Temos o maior emprego de nossas vidas: somos mães!

 

6/05/2017

comente

Receita: Berinjela recheada com arroz

Alimentação

A receita desse sábado é deliciosa e fácil de fazer: Berinjela recheada com arroz.

Gosto muito de comprar berinjela por ser um tipo de alimento bem versátil. Dá para fazer desde berinjela gratinada até lasanha, berinjela recheada, etc… Espero que gostem!

Bom apetite!

berinjela com arroz

Ingredientes:

  • 100g de champignon fresco em fatias

  • 100g de tomatinho cereja cortado ao meio

  • ½ maço de salsinha picada

  • ½ pimentão amarelo picado em cubinhos

  • 50g de ervilhas

  • 200g de requeijão

  • 300g de arroz branco cozido

  • 2 colheres de sopa de azeite de oliva

  • Sal a gosto

  • 100g de queijo muçarela ralado

  • 2 berinjelas

Modo de Preparo:

  1. Em uma tigela, dispor o champignon, os tomatinhos, a salsinha, o pimentão amarelo, as ervilhas, o requeijão, 50g do queijo muçarela e o arroz. Misturar tudo muito bem. Reservar.

  2. Em uma tábua, com o auxílio de uma faca, abrir as berinjelas ao meio, e com cuidado, retirar os miolos onde se concentram as sementes.

  3. Rechear as berinjelas com a mistura de arroz cremoso, regar com azeite de oliva, corrigir o sal, dispor o restante do queijo muçarela por cima e levar ao forno à 180 graus por 20 minutos.

Fonte: Tastemade Brasil

Kika Nalli

0    comentários
0  AMEI!

5/05/2017

comente

Nomes curtos – 10 ideias para meninos e meninas

Mamães e Papais

Comecei a reparar mais em nomes curtos depois que minha sobrinha nasceu! Acho o nome dela tão lindo: Liz! É curto mas sem perder a delicadeza!

Está surgindo uma onda de nomes curtos por aí! Nomes com poucas letras ou poucas sílabas.  Alguns pais optam pela facilidade, outros para homenagear alguém e tem até quem diga que é para evitar apelidos no futuro! Doce engano! kkk Poucas as vezes chamei a Liz pelo nome! Sempre Lili, Liloca…

E por aí? Quem fez a opção por nomes curtos?

Listei 10 ideias de nomes para meninas e meninos!

Beijos!

nomes curtos

Meninas:

Ana

Eva

Ella

Ivy

Lia

Liz

Lua

Mel

Mia

Zoe

Meninos:

Dom

Ian

Ivo

Max

Raí

Rui

Tim

Tom

Théo

Thor

Kika Nalli

0    comentários
4  AMEI!

3/05/2017

comente

5 passos pro meu filho ser uma criança feliz

Mamães e Papais

 

Quando falamos dos filhos acredito que todos queremos uma coisa em comum: que eles sejam crianças felizes. Não é?

 

Eu faço de tudo para ver os meninos bem, alegres e realizados. Claro que erro muito, mas procuro fazer o melhor. Educar não é fácil e é um grande desafio.

O texto abaixo achei incrível e não é difícil colocarmos em prática. Eu penso muito como o autor e quero fazer o máximo para enraizar isso no meu dia-a-dia.

Bora?

Beijocas

2f24a54a9eec23b9e58f69f8e07fc037

Segundo Edward Hallowell, pai de 3 filhos e psiquiatra infantil, a felicidade e o sucesso conquistados ao longo da vida podem ser promovidos pelos pais em todos os momentos que partilham com os seus filhos e pelos professores, que dedicam grande parte do seu tempo a formar hoje os adultos de amanhã.

No seu livro “The Childhood Roots of Adult Happiness”, Edward Hallowell apresenta 5 princípios-chave para criar crianças felizes: Connect, Play, Practice, Mastery and Recognition e explica como estes 5 conceitos contribuem para criar crianças felizes e como perpetuar essa felicidade e sentimento de realização por toda a vida.

Para o autor, a prática destes princípios no dia-a-dia cria crianças com elevada autoestima, maior consciência moral e valores espirituais sólidos.
Para o autor, a prática destes princípios no dia-a-dia cria crianças com elevada autoestima, maior consciência moral e valores espirituais sólidos.

19bb188e934426cdf7394a8befa5e9fd

5 PASSOS QUE AJUDAM A CRIAR E A MANTER A ALEGRIA AO LONGO DA VIDA:

Connect
A presença, a ligação afetiva entre e com os pais e com aqueles com quem convive mais intimamente são as raízes e a rede de segurança da criança para toda a vida.

A criança precisa ser amada incondicionalmente pelos pais e se beneficia quando existem laços estreitos entre a família nuclear e os membros da família mais alargada.

A criança (e o adulto) precisa saber que existe um lugar onde está segura, para onde pode sempre voltar. Um lugar onde vai se sentir apoiada, reconhecida, apreciada, onde pode ser ela mesma e falar abertamente dos seus anseios e fracassos.
A criança precisa se sentir parte integrante da escola e do seu grupo de amigos. Envolver a criança em tarefas domésticas, como ajudar a cuidar do animal de estimação por exemplo, é outra estratégia proposta pelo autor com vista a fomentar o sentido de responsabilidade e a ligação da criança com a vida familiar.

Os laços emocionais criados pelo sentimento de pertença são a base para uma vida preenchida, feliz e autorrealizada.

Play
Certifique-se que o tempo livre do seu filho/aluno não é demasiado programado e regimentado. As crianças precisam de tempo para fazer simplesmente o que lhes apetece, mesmo que seja não fazer nada.

Brincar faz crianças felizes.

Enquanto joga e brinca, a criança expressa e desenvolve a sua criatividade e talentos de forma livre e espontânea. Ao brincar, a criança inventa cenários, cria, participa, interage, reinventa e interpreta diferentes papéis, aprende a resolver problemas sozinha, descobre os seus gostos e aprende a conhecer-se a si própria (e aos outros).

Ao brincar, a criança identifica os seus limites, aprende a viver em sociedade e a gerir as suas frustrações, define e afina o seu comportamento, aprende a reagir face a diferentes situações e encontra as melhores estratégias para ultrapassar dificuldades.

Practice
Quando a criança descobre que é boa a fazer qualquer coisa vai querer fazê-la uma e outra vez. Contudo, é fundamental que pais/professores assegurem que a criança se envolve em atividades ou experiências fora da sua área de conforto.

A criança deve ser permanentemente desafiada e incentivada a participar em novas atividades. Experimentar coisas novas, relacionar-se com diferentes grupos, vivenciar realidades diversas. É nesta diversidade que a criança encontra o seu caminho e descobre os seus gostos e competências, realizando-se.

A criança deve ser confrontada com situações com as quais não se sente tão à vontade ou competente. Desta forma, experimenta novas situações e aprende a lidar com elas, reforçando a autoconfiança e o saber fazer.

Mastery
Da prática e da repetição da tarefa vem a mestria, o saber fazer e o fazer bem.

Quando a criança desenvolve uma nova competência, seja tocar piano, desenhar uma flor, amarrar os sapatos, resolver um problema matemático ou construir um brinquedo, sente-se realizada e com motivação extra para enfrentar novos desafios.

Este sentimento de realização gera uma grande sensação de satisfação pessoal, uma atitude pró-ativa de “consigo fazer” e uma predisposição para arriscar e experimentar/fazer coisas novas.

Recognition
O reconhecimento, reforço positivo, aprovação e apoio continuado dos pais, professores e colegas relativos a um trabalho ou uma tarefa realizada com sucesso ou esforço, reforça a ligação emocional da criança com os outros e incentiva-a a fazer mais e melhor.

Quando a criança apercebe que o que faz, as suas ações, objetivos e realizações, afetam a sua família, os amigos/colegas ou a equipe onde está integrada, desenvolve uma forte consciência moral e cívica e sente-se melhor consigo própria.

Ser feliz é um processo que pode (e deve) ser incentivado e acarinhado através de pequenas ações diárias que proporcionem momentos de felicidade e de autorrealização.

Pais, professores, famílias e comunidade em geral têm um papel crucial na educação e na transmissão de valores aos mais pequenos. Só assim teremos pessoas e sociedades mais justas, felizes, realizadas e em harmonia consigo próprias e com os outros.

Bibliografia consultada:
The Childhood Roots of Adult Happiness de Edward Hallowell, edição de The Ballatine Publishing Group, 2002

FONTE: Mãe me Quer

Fefa Alfano

0    comentários
5  AMEI!

clique aqui para carregar a versão desktop

© promovida @mãe - Todos os direitos reservados | DESIGN: my wishes gallery | programação: webonfocus

Muitas das imagens aqui divulgadas não são de nossa autoria. Se alguma foto for sua e você desejar que
ela seja creditada ou removida, por favor entre em contato. Obrigada. contato@promovidaamae.com.br

já curtiu a nossa fanpage?
siga o nosso instagram:
@promovidaamae

© promovida @mãe - Todos os direitos reservados | DESIGN: my wishes gallery | programação: webonfocus

Muitas das imagens aqui divulgadas não são de nossa autoria. Se alguma foto for sua e você desejar que
ela seja creditada ou removida, por favor entre em contato. Obrigada. contato@promovidaamae.com.br