Grávida sente desejos?

Acho isso tão engraçado, pois sempre ouvi dizer que grávida sempre tem vontade de comer várias coisas, se o desejo não se realiza o bebê nasce com alguma mancha no corpo daquele alimento não ingerido. Rsrs
Eu digo que fui uma grávida muuuuito boazinha pro meu marido. Hahahahaha. Na minha primeira gestação eu cursava faculdade e um belo dia na hora do intervalo eu estava tomando um suco, mas me veio uma vontade doida de comer bolacha de morango. Hahahaha. Não era qualquer bolacha de morango, tinha que ser aquela quadrada, a redonda eu não queria! Liguei pro meu marido que ainda estava no trabalho e pedi pelo amor de Deus para ele comprar voltando pra casa. Cheguei lá e comi o pacote inteiro!!! Kkkkkk
Na segunda gravidez eu tive muita vontade de comer feijão preto. Comi quase todos os dias acho. E comia com gosto… Dê lembrar me deu água na boca!!! Rs
Mas não foram desejos difíceis, pois tem muita gente que pede jaca no meio da madrugada, é ou não é?
Achei um texto da Revista Super Interessante que explica melhor este fato que acontece com a maioria das gravidinhas.
POR QUE GRÁVIDAS SENTEM DESEJOS?
Confirmando suspeitas, uma parte é manha – carente, a gestante busca atenção com delírios gastronômicos. Mas, na verdade, fatores psicológicos não pesam tanto assim. A teoria mais aceita hoje é que aquela secura por salmão com sorvete vem da demanda por nutrientes específicos.A “desnutrição relativa” não é privilégios das futuras mamães. Ao longo da vida, nosso organismo cria um banco de dados relacionando alimentos e seus nutrientes. Assim, o corpo aprende a pedir leite quando quer cálcio e ovos quando quer zinco, por exemplo. Nas grávidas, esse sentido está ligado no turbo. “A grávida se observa mais, porque se preocupa não só com ela mas também com outra vida”, diz Jocelem Mastrodi Salgado, professora do curso de nutrição e alimentos da USP. Isso explicaria um desejo comum do final da gravidez: carne malpassada. “Muitas mães sofrem anemia no último trimestre de gestação. O organismo pensa em bife sangrando como solução para a falta de ferro”, diz o nutrólogo da Unifesp João César Castro Soares.

Como se não bastasse, as grávidas ainda têm o apetite alterado por hormônios. Substâncias como o HCG (gonadotrofina coriônica humana) e a progesterona, que regulam as funções da gravidez, alteram a composição da saliva, fazendo as comidas ter outro gosto. Isso serviria de explicação para que comidas favoritas passem a ser rejeitadas, e vice-versa, além de favorecer combinações que paladares não grávidos acham ousados. (FONTE: Super Interessante)

E por aí? Quais foram os desejos?
Contem pra gente!!

Beijos beijos
Comentários

About Author