Engasgo. O que fazer com o bebê?

Se tem uma coisa que sempre me preocupou foi engasgo.

Graças a Deus os meninos engasgaram pouquíssimas vezes e nada sério, mas eu dava uma apavorada.

É desesperador ver seu maior bem passando mal, não é?

O Rafa engasgou maiorzinho e foi rápido, sem grandes sustos, mas o Pipe engasgou com o leite uma vez que me preocupou, e algumas vezes com frutinhas na introdução alimentar.

Quando aconteceu com o leite eu o coloquei na posição de cabeça para baixo no meu braço e dei uns tapinhas nas costas. Com as frutinhas eu enfiava meu dedo na guela mesmo pra tirar (mãe em pânico). Sempre deu certo!

Eu já tinha visto um vídeo do que precisa ser feito nestes casos e vou mostrar pra vocês aqui.

manobra de heimlich bebes

manobra-heimlich-desengasgar

Abaixo um texto mais informativo sobre o que fazer nestes casos.

Engasgos por corpos estranhos

Em casos de engasgos ocasionados por corpos estranhos – que pode ser moeda, pedra ou qualquer objeto – ingeridos pela vítima, utiliza-se a Manobra de Heimlich, que tem por objetivo desobstruir a passagem do ar pelas vias aéreas.

O que fazer?

– Enlaçar a vítima com os braços em volta do abdome.

Em adultos: posicionar-se atrás da vítima, se ela ainda está consciente.

Em crianças: posicionar-se atrás da vítima, de joelhos.

– Uma das mãos permanece fechada sobre a chamada “boca do estômago” (região epigástrica). A outra mão, comprime a primeira, ao mesmo tempo em que empurra a “boca do estômago” para dentro e para cima, como se quisesse levantar a vítima do chão.

– Efetuar movimentos de compressão para dentro e para cima, até que a vítima elimine o corpo estranho.

Engasgos em bebês

Bebê consciente

– Posicionar o bebê de bruços em cima de seu braço e efetuar 5 compressões entre as escápulas (no meio das costas).

– Virar o bebê de barriga para cima em seu braço e efetuar 5 compressões sobre o esterno (osso que divide o peito ao meio), na altura dos mamilos.

– Tentar visualizar o corpo estranho e retirá-lo delicadamente.

– Se não conseguir, repetir as compressões até a chegada a um serviço de emergência (pronto socorro ou hospital).

Bebê inconsciente

– Deitar o bebê de costas em seu braço e liberar as vias aéreas (boca e nariz).

– Verificar se o bebê respira.

– Se o bebê não respira, efetuar 2 respirações boca-a-boca.

– Observar expansão torácica; se não visualizar movimentos respiratórios, repetir a liberação das vias aéreas e as 2 respirações.

Atenção

Sempre que a vítima perder a consciência, pedir ajuda ou ligar para o Serviço de Emergência (192 ou 193).

FONTE: Albert Einstein

 

Comentários

About Author