Temos o maior emprego de nossas vidas: somos mães!

31/08/2016

comente

Doenças perigosas para a gravidez

Saúde da mulher

Estava me lembrando do pré natal das meninas! Nossa, logo após a primeira consulta, a gente sai com um monte de pedidos de exames e isso se estende pelos 9 meses…

Infelizmente, depois do susto que passamos com a Laurinha, descobrimos que aconteceram algumas falhas no meu pré natal! Graças a deus, nada que afetou a mim ou a ela! Mas depois disso, decidi trocar de obstetra.

A minha médica sempre falou: “Nunca subestime nenhum sintoma durante a gravidez.” E qualquer mal-estar, lá estava eu ligando para ela!!! Sempre preferi pecar pelo excesso! Rsrs

Li uma matéria da Revista Crescer que mostrava as 12 doenças mais perigosas na gravidez. Achei super importante dividir com vocês!

Portanto gravidinhas, fiquem atentas e sempre em contato com o seu médico!

Boa leitura!

Beijos!

doenças na gravidez

1- Infecção urinária:

Principais sintomas: desconforto, dor e ardência ao fazer xixi

Risco mãe/bebê: Não causa alterações fetais se tratada rapidamente. Se a infecção não for devidamente curada pode causar atraso no crescimento do bebê e parto prematuro. Nos casos mais graves (que não são tratados) pode levar à morte.

Tratamento: Antibióticos

2- Doença Periodontal:

Principais sintomas: a gengiva fica inchada, avermelhada, sangra e apresenta mau cheiro

Risco mãe/bebê: se não for tratada, pode desencadear outras infecções por todo o organismo, além de acelerar o trabalho de parto

Tratamento: Visite o dentista pelo menos 1 vez durante a gravidez

3- Vaginose Bacteriana:

Principais sintomas: corrimento de cheiro forte

Risco mãe/bebê: Ruptura da bolsa e trabalho de parto prematuro

Tratamento: Via oral ou Vaginal (não é necessário tratar o parceiro)

4- Rubéola:

Principais sintomas: Parecidos com o da gripe

Risco mãe/bebê: Alto risco de contaminar o bebê (80%). No bebê pode causar anomalias graves, surdez e problemas na visão.

Tratamento: Antes de engravidar, faça a sorologia para saber se está imune à doença. Se não estiver, você deve tomar a vacina “Tríplice viral” 3 meses antes de engravidar. Prevenção é sempre o melhor tratamento!

5- Toxoplasmose:

Principais sintomas: Sintomas diversos que vão desde os que se confundem com uma gripe, até vômitos e gânglios pelo corpo.

Risco mãe/bebê: Quando a infecção acontece no primeiro trimestre,15% dos casos terminam em aborto ou sequelas graves. Se ocorrer no segundo, 25% dos bebês podem manifestar problemas sérios, como os oculares.

Tratamento: Evite fazer a limpeza da caixinha ou entrem em contato com gatos desconhecidos. Além disso, deve-se evitar a ingestão de carne crua ou malpassada e lavar muito bem frutas, legumes e verduras.

6- Citomegalovírus:

Principais sintomas: da mesma família que a Catapora e o Herpes

Risco mãe/bebê: Como o vírus ataca os tecidos cerebrais, causa malformações no sistema nervoso central. Também
é capaz de provocar surdez, dificuldades de aprendizado e, se for grave, pode matar

Tratamento: Pode ser combatido com antivirais que diminuem, porém não zeram, o risco de complicações para o feto.

7- Hepatite B:

Principais sintomas: Embora geralmente seja fácil detectar um quadro agudo de hepatite B — pela cor amarelada da pele e do branco dos olhos –, às vezes os sintomas são mais sutis, como perda de apetite e dor de barriga.

Risco mãe/bebê: Sem tratamento o bebê fica sujeito a ter várias doenças hepáticas no futuro.

Tratamento: Na realidade seria prevenção: Vacina (3 doses).  Assim que nasce, o bebê deve tomar um banho, para reduzir a exposição ao sangue materno, e receber a vacina contra a doença. A OMS não contra indica a amamentação.

8- Aids (HIV+):

Principais sintomas: Febre, manchas e dores pelo corpo às vezes surgem poucas semanas após a contaminação.

Risco mãe/bebê: Risco de transmissão para o bebê durante o parto e amamentação

Tratamento: AZT (droga antirretroviral)

9- Candidíase:

Principais sintomas: Coceira na vagina, ardor, corrimento esbranquiçado e dor durante as relações sexuais

Risco mãe/bebê: Quase não existe risco para o feto

Tratamento:Tratamento por via vaginal, com pomadas antifúngicas receitadas pelo especialista.

10- Sífilis:

Principais sintomas: Manchas no corpo, lesões, verrugas e úlceras na vagina.

Risco mãe/bebê: Caso o micro-organismo passe pela placenta nos três primeiros meses de gestação, pode provocar aborto. O risco de morte fetal cai a partir da metade da gravidez, mas permanece a chance de haver trabalho de parto prematuro.

Tratamento: Antibiótico por via endovenosa.

11- Herpes Genital e Catapora:

Principais sintomas: Vírus tipo 2 – úlceras genitais e Vírus tipo 3 – manchas e febre (catapora)

Risco mãe/bebê: Se o vírus passar para o feto, pode haver sequelas na pele e no cérebro e até risco de aborto.

Tratamento: Prevenção através de vacina. Caso seja infectada o tratamento apenas alivia os sintomas.

12- Zika Vírus:

Principais sintomas: Febre baixa, dores leves nas articulações, coceira, manchas vermelhas pelo corpo.

Risco mãe/bebê: A doença pode ter efeitos graves sobre o feto. Ainda não se sabe ao certo de que forma o vírus Zika, é capaz de afetar o desenvolvimento neurológico do bebê. Ao que tudo indica, ele pode causar microcefalia, uma má-formação que está associada com retardo mental em 90 % dos casos, e outras síndromes como a de Guillain Barré.

Tratamento: Também seria prevenção: evitar ao máximo o contato com o mosquito, com a utilização de roupas de tecidos claros que cubram braços, pernas e pés e uso de repelentes específicos para gestantes nas áreas do corpo exposta.

Fonte: Revista Crescer e Baby Center Brasil

 

Kika Nalli

0    comentários
2  AMEI!

Deixe uma resposta

clique aqui para carregar a versão desktop

© promovida @mãe - Todos os direitos reservados | DESIGN: my wishes gallery | programação: webonfocus

Muitas das imagens aqui divulgadas não são de nossa autoria. Se alguma foto for sua e você desejar que
ela seja creditada ou removida, por favor entre em contato. Obrigada. contato@promovidaamae.com.br

já curtiu a nossa fanpage?
siga o nosso instagram:
@promovidaamae

© promovida @mãe - Todos os direitos reservados | DESIGN: my wishes gallery | programação: webonfocus

Muitas das imagens aqui divulgadas não são de nossa autoria. Se alguma foto for sua e você desejar que
ela seja creditada ou removida, por favor entre em contato. Obrigada. contato@promovidaamae.com.br