Como devem ser as papinhas? E como prepará-las? – Por Dra. Andrezza Botelho

Hoje nossa colaboradora nutricionista Dra. Andrezza Botelho dá dicas importantes em relação à introdução alimentar dos bebês.

Quando iniciar? O que oferecer? Como oferecer?

Boa leitura!

Beijos

5a98c52a66b58cd4bf017c933961b52b

De acordo com a OMS o aleitamento materno deve ser exclusivo até os 6 meses e complementado até os 2 anos ou mais. O início da alimentação complementar deve ser feita de forma lenta e gradual. As necessidades nutricionais da criança já não são mais atendidas só com o leite materno, embora este ainda continue sendo uma fonte importante de calorias e nutrientes.

A partir dessa idade, a criança já apresenta maturidade fisiológica e neurológica para receber outros alimentos. A forma de preparo das papinhas somente são AMASSAR/RASPAR as frutas. Nunca liquidificar, nem peneirar e nem processar.

O bebê já tem maturidade fisiológica para comer alimentos sólidos em pedaços pequenos e mastiga-los somente com a gengiva e depois engoli-los. A primeira papinha a oferecer a criança, é a papinha de frutas! Sendo que, deve-se iniciar apenas com uma fruta e não misturar duas ou mais frutas de uma vez. Os bebês têm de aprender a diferenciar o sabor de cada alimento, certo? Com o passar da aceitação, aí sim, poderá misturar duas frutas ou mais.

 

unnamed-1

 

Andrezza Botelho – Nutricionista funcional Pós graduada em

estética e cosmetologia proprietária e diretora científica da

clinica Andrezza Botelho Nutricao é Bem Estar. Tel: (011) 50821598

Comentários

About Author