Colares – mordedores

Recentemente estivemos numa feira materno infantil e fiquei encantada com um colar que além de adereço, serve como mordedor! Uma pena que as minhas filhas já passaram dessa fase porque elas iam amar!

Como não usei,  não tenho como passar nenhuma experiência desse produto. Por isso conto com vocês!!!

Pesquisei um pouco para passar algumas informações extras sobre o produto mas nada como o relato de quem já usou!

Divida com a gente a sua experiência!

Beijos!!!

– O colar mordedor é para a fase oral dos bebês, que vai do 0 aos 18 meses de idade.

– O colar é 100% silicone, com bordas arredondadas e macio para as gengivas do bebê e dentes emergentes.

– Livre de bisfenol-A, ftalatos, cádmio e chumbo. Ou seja, tem o mesmo material dos mordedores convencionais.

– As contas devem ser de tamanho grande, resistir ao ato de mastigar, sugar e quebrar em pedaços ou fragmentos de tamanho pequeno.

– Deve ser facilmente lavável e resistente às bactérias.

– O cordão deve ser de seda, ou seja, difícil de partir e o fecho não deve ter a tradicional trava de segurança, então, se o bebê puxar com força, o colar se abre facilmente.

– o colar é uma ferramenta sensorial – ajuda os bebês a se concentrarem, se acalmarem enquanto mamam ou quando estão simplesmente no colo de um adulto.

– Por ter o mesmo material dos mordedores convencionais ele pode ir à geladeira para ficar suficientemente refrescante na boca dos bebês e aliviar a sensação de desconforto dos dentes que estão nascendo.

– O colar é para o uso de um adulto, ele não deve ser deixado com crianças pequenas e bebês sozinhos.

 

Fonte: Site Saúde Terra

colar mordedor

Comentários

About Author