Chegou a hora: Sinais de trabalho de parto – Por Cinthia Calsinski

O trabalho de parto difere de mulher para mulher, e é impossível determinar exatamente quando ele começa. Não é algo repentino; são mudanças fisiológicas que acontecem ao mesmo tempo no corpo.

Nossa colaboradora, enfermeira obstetra, Dra. Cinthia Calsinski,  cita algumas ocorrências que podem anunciar o trabalho de parto ou sensações que acontecem nas semanas ou dias que antecedem o mesmo.

Informações super importantes para as nossas gravidinhas!!!

Beijos!!!!

sinais de trabalho de parto

O parto pode ter inicio através do rompimento da bolsa das águas (pode ser rompimento baixo – próximo à vagina, no qual a mulher sente água escorrendo, ou pelo cheiro de água sanitária. Ou rompimento alto, o volume geralmente é menor o que chama a atenção da mulher é o odor parecido com água sanitária); saída do tampão mucoso (é um muco, uma secreção espessa que protege o bebê de contaminações externas. Quando ocorre sua saída, seja percebido na calcinha ou no vaso ao usar o banheiro, sabemos que o parto está próximo, mas ainda pode demorar mais de 10 dias). Ou contrações uterinas ritmadas e efetivas – intervalos constantes (cólicas parecidas com uma dor de barriga intestinal, porém, há irradiação para a lombar) É o músculo se contraindo para dilatar o colo uterino e posteriormente expelir o bebê.

No caso do rompimento da bolsa, sabe-se que o parto está próximo, porém, apenas o rompimento sem desencadear contrações não indica trabalho de parto ativo e pode ser necessário antibioticoterapia após algumas horas do rompimento. O mesmo raciocínio vale para a saída do tampão. Já em contrações uterinas ritmadas – 2 a 3 contrações em 10 minutos já é hora de ir para o hospital.

A mulher pode ficar tranquila em situações como: rompimento de bolsa e saída de tampão sem contração, contrações irregulares, esporádicas. Porém, em casos de sangramento vivo, rompimento de bolsa com saída líquido esverdeado (mecônio), contrações fortes com intervalos pequenos como 1 minuto. Não espere! Procure atendimento urgente.
A Enfermeira Obstetra pode ser essencial para garantir o parto normal, o serviço pode ser contratado para que a profissional acompanhe a gestante diretamente em sua casa no início do trabalho de parto, assim a enfermeira ajuda no controle emocional durante as contrações por meio de métodos não farmacológicos para o alívio da dor, a examina para saber como está a dilatação e assim a gestante chega ao hospital no momento ideal.

 

 Cinthia

Sobre Cinthia Calsinski Enfermeira Obstetra

Cinthia Calsinski é enfermeira obstetra há cinco anos, é preparada para analisar criticamente a situação da paciente e investigar problemas que possam prejudicá-la ou a seu filho, sempre buscando soluções através de diversos métodos científicos, é habilitada para conduzir um parto quando acontece de forma natural, analisar a gestante, verificar contrações, dilatações e demais alterações no funcionamento do organismo feminino no momento do parto, e discernir quaisquer alterações patológicas que possam requerer um atendimento médico especializado. Por meio de consultorias domiciliares, Cinthia prepara a mãe para o parto, amamentação, como lidar com um recém-nascido com todos os desafios que ele proporciona, cuidados de higiene, preparo do ninho (ambiente do quarto, disposição de móveis, enxoval, treinamento de babás), curso de primeiros socorros, reciclagem para avós, colocação de brincos em meninas. Tudo na tranquilidade do lar, com hora marcada.

Telefone para contato: (11) 98208-8890

www.cinthiacalsinski.com.br

Facebook: Cinthia Calsinski Enfermeira Obstetra

Instagram: @cinthia.calsinski

Comentários

About Author