Betaterapia: Você sabe o que é?

Há algumas semanas atrás fui visitar uma amiga que estava grávida do seu segundo filho e ela comentou que a cicatriz da sua primeira cesárea não tinha ficado muito legal… Na realidade ela estava muito insatisfeita e avaliando a possibilidade de realizar algumas sessões de Betaterapia no pós operatório do segundinho…

Como não tive problema nenhum de cicatrização nas minhas 2 cesáreas, nunca tinha me aprofundado em tratamentos específicos para esse tipo de situação. Depois do bate papo com essa amiga, resolvi pesquisar um pouco para dividir com vocês!

Com certeza temos várias mamães angustiadas com a sua cicatrização! Portanto espero que ajude!!!!

Não se esqueça de sempre conversar com o seu médico a respeito de qualquer tratamento, ok?!?!?!

Beijos!!!!

O que é a Betaterapia:

A Betaterapia segue os mesmos princípios da radioterapia e proporciona um melhor resultado da cicatrização, permitindo em até  97% dos casos, evitar a formação de quelóides.

O que favorece a formação de quelóides:

Não há como prever a formação de quelóides, ou seja, de uma cicatriz exageradaA boa cicatrização varia muito de uma pessoa para outra. Além da escolha de um bom profissional para a cirurgia você ainda terá que contar com a ajuda de seu organismo. Mesmo quem nunca teve o problema pode vir a ter.

Qual deve ser o primeiro passo:

Uma vez instalado o quelóide na pele, é necessária a retirada cirúrgica desta cicatriz e o início imediato da betaterapia.

Quando devo iniciar as sessões de Betaterapia:

Para garantir um bom resultado, o início do tratamento precisa ser rápido. O ideal é que a betaterapia seja utilizada no primeiro pós-operatório, isso quer dizer, no dia seguinte à cirurgia.

No que consiste o tratamento:

O tratamento consiste em 10 aplicações diárias no local, feitas com uma placa de  1,5 cm de comprimento com material radiativo que emite raios beta na camada da pele onde se localizam as células responsáveis pela formação de cicatrizes altas e irregulares.

O tratamento dói? Existe algum risco?

O tratamento através da betaterapia é simples, indolor e não traz nenhum risco ao paciente. Pode ser aplicada em qualquer região do corpo. Para quem teme o uso de radiação, não tem com o que se preocupar. O processo é totalmente seguro e sua penetração se limita à pele.

betaterapia 2

Fonte: Blog da Saúde

Comentários

About Author