A eterna culpa de mãe

Já ouviu dizer que assim que nasce o bebê nasce a culpa de mãe?

Gente é a mais pura verdade!!!!

Culpa porque não teve parto normal! Culpa porque não amamentou exclusivo até os seis meses! Culpa porque sente falta de dormir! Culpa porque sente vontade de se cuidar! Culpa porque saiu com as amigas! Culpa porque viajou com o marido! Culpa porque gritou com o filho! Culpa porque trabalha fora! Culpa porque deixou comer assistindo desenho! Culpa porque se esqueceu da reunião da escola! Culpa porque faz cama compartilhada! Culpa porque colocou de castigo! Culpa porque não sabe onde erra na educação deles! Culpa porque deu papinha industrializada! Culpa porque deixou com a babá e foi na academia! Culpa porque não dá conta de tudo! Culpa, culpa, culpa!!!!!

Socorro. Gente alguém se identificou com pelo menos duas situações acima? Acredito que sim!

Hoje em dia eu tento não me cobrar tanto, mas como é difícil! Difícil porque não existe perfeição e pra quem é perfeccionista como eu é duro.

Tenho certeza que tanto eu, quanto vocês fazemos o que podemos. O que está ao nosso alcance e limite.

Então vamos deixar (pelo menos tentar) a maternidade mais leve, e usar tudo isso a favor de nos tornarmos mães tranquilas, seguras e prontas para ajudá-los. Cada mãe é uma mãe. Cada uma faz e sabe o que é melhor para seu filho.

Um beijo e abraço apertado em cada uma de vocês super mamães!

Supermae_Ziraldo

Comentários

About Author

2 Comentários

  1. karina bianchi lopes marassatto on

    Eu acho que eu sou a mãe mais tranquila!!! Foram raríssimas vezes em que senti culpa!!!!
    Faço o que me faz bem para poder ser uma mãe melhor pra minha filha… sem culpas!!
    Abraços