Temos o maior emprego de nossas vidas: somos mães!

10/12/2014

comente

12 dicas para não abalar seu casamento com a chegada do bebê

Colaboradores

A chegada de um filho muda e muito a vida do casal e a rotina da casa, não é mesmo?
No começo é preciso ter muita calma, cumplicidade e paciência para que a adaptação seja feita da melhor forma e mais natural possível.
Recebemos um texto das psicopedagogas Cassiana Tardivo e Thais Cremer com 12 dicas imperdíveis para a relação continuar firme e forte mesmo com a chegada do bebê. Vale a pena conferir!!!
Beijos
Quando seu bebê (BB) chegar decore essas duas letras: PP – Paciência, com o Papai….
Hoje vamos falar deles: Papais !!!
Quando um bebê vai nascer a família passa por 9 meses de espera. Nesse período a família se organiza com tudo para chegada do bebê.

As mamães preparam mil cuidados, fralda de boca, fralda de cobrir, fralda de colocar só no rostinho. Panelinha para ferver água esterilizar chupetas, panelinha para esterilizar bicos, vasilha para chupetas, vasilha para cotonetes, e por ai vai um universo de utensílios específicos para cada necessidade.

Mamães tem tudo organizado na cabeça, sabem onde está cada coisa. Tudo está preparado para o bebê.
Quando o bebê nasce começam as dificuldades práticas com toda essa organização.
A mamãe pede a fralda de cobrir o peito para amamentar o papai traz a fralda de boca. Mamãe pede o paninho de nanar, papai traz a fralda de cobrir o peito. Mamãe pede para esterilizar as chupetas papai usa a panelinha de esterilizar bicos. Mamãe pede o macacão azul de dormir, papai traz o macacão azul de sair.
Além disso, as mamães tem todo um jeito, um traquejo certo de pegar os bebês, fazer ninar, arrotar, dormir, enfim, tem aquela forminha certa onde cabe seu bebê, e muitas ficam incomodadas com o jeito que os papais seguram, pegam, cuidam e ficam corrigindo eles o tempo todo.
Quem já passou por isso sabe do que eu estou falando, e quem não passou e, tem assim tudo organizadinho, vai passar…..rs
O que parece engraçado aqui na leitura, na prática tem o poder de balançar a estrutura de muitos casamentos. Além disso, a mamãe agora dá mais atenção para o bebê e acaba esquecendo-se do papai.
Para que isso não aconteça queremos dar umas dicas para quando o bebê chegar:

1. Reflita sobre sua família hoje, antes da chegada do bebê, sobre seu relacionamento com seu esposo, sobre a aliança que vocês tem juntos. Não perca isso de vista

2. O papai não tem o seu instinto materno, mas pode (e consegue) aprender tudo o que você ensinar;

3. Tenha paciência com o papai, ele não tem noção de tudo, homens são muito diferentes das mulheres. Homens não são detalhistas, então releve os erros.

4. Tire um tempo para conversar com seu marido, peça opinião, faça ele participar, aceite sugestões.

5. Não faz mal usar a fralda de boca para cobrir o rosto, não faz mal usar outro macacão diferente daquele que você queria, o bebê não vai sofrer….rs. Zele pelo que é de fato essencial, como por exemplo, a higiene.

6. Permita que o papai participe, troque as coisas, erre, que não faça do seu jeito, mas que ele participe e se sinta VALORIZADO e importante na rotina sua e do bebê.

7. Seja leve e flexível. Faça tudo do seu jeitinho durante o dia, mas quando o papai chegar à noite permita a participação dele sem tantas exigências.

8. Tenha paciência para ensinar. Fale como amor e mostre a importância dele adquirir os hábitos que você está ensinando. O que ele aprender ponto para você o que ele não aprender não tem problema, vocês dois se completam, essa é a alegria.

9. Não fique discutindo por procedimentos, utensílios, coisas que não vão afetar a saúde física e emocional do bebê. Bata o pé com o que é relevante para a saúde física e emocional do bebê.

10. Quando o bebê dormir, não se esqueça do seu casamento. Namore, veja um filminho, se esforce para dar atenção ao esposo como era antes. Isso mesmo, se esforce.

11. Não fique abusando do papai, fazendo ele de empregado, faça junto com ele as tarefas.

12. Ouça o papai com atenção, entenda também que a vida dele muda junto com você, e da mesma forma ele está se adaptando a tudo. Papai também tem sentimentos. Não é porque ele não passou pelo parto que a vida dele está toda tranqüila…. Compreenda você também o papai.

Quem fica exigindo muito do marido, querendo que faça tudo perfeitinho, perde o ajudante e isso tem um custo muito alto mais para frente também. Ouvimos muito isso no consultório, mamães reclamando da falta de ajuda e atenção com os filhos maiores, o que elas não perceberem é que impuseram essa distância desde que os filhos nasceram. De forma direta ou indireta disseram aos papais que eles “não sabiam nada”ou que “ajudavam de forma errada”. Não cometa o mesmo erro.

Lembre-se:
· O bebê veio para completar sua família não para dividi-la.
· Filhos crescem, se derrubar o relacionamento com seu esposo por causa dos filhos, quando seus filhos saírem de casa talvez falte forças para reconstruí-lo.

Thais Cremer e Cassiana Tardivo
Graduadas em Pedagogia, pós graduadas em Psicopedagogia, Mestrado em Educação e Mães
Com mais de 18 anos de experiência em educação e orientação educacional.
Ministramos palestras, cursos, orientamos famílias e damos consultoria a escolas.
Clínica em São Paulo
Email: contato@thingstoteach.com.br
(11) 9.9320.5142
Instagram @things.to.teach
www.facebook.com/thingstoteach

Promovida @ Mãe

0    comentários
6  AMEI!

Deixe uma resposta

clique aqui para carregar a versão desktop

© promovida @mãe - Todos os direitos reservados | DESIGN: my wishes gallery | programação: webonfocus

Muitas das imagens aqui divulgadas não são de nossa autoria. Se alguma foto for sua e você desejar que
ela seja creditada ou removida, por favor entre em contato. Obrigada. contato@promovidaamae.com.br

já curtiu a nossa fanpage?
siga o nosso instagram:
@promovidaamae

© promovida @mãe - Todos os direitos reservados | DESIGN: my wishes gallery | programação: webonfocus

Muitas das imagens aqui divulgadas não são de nossa autoria. Se alguma foto for sua e você desejar que
ela seja creditada ou removida, por favor entre em contato. Obrigada. contato@promovidaamae.com.br